Dia Mundial do Livro: 5 ideias para o voluntariado em favor da cultura

Em 23 de abril, comemora-se o Dia Mundial do Livro, aquele objeto companheiro de tantas aventuras, sonhos e conhecimentos. A importância das letras é indiscutível e ações de incentivo à leitura são sempre um sucesso, mas também necessárias. Por isso, organizamos algumas dicas para você e sua equipe realizarem atividades que promovam a leitura na sua empresa, na comunidade ou na ONG com a qual vocês colaboram.

Sobre o assunto, as notícias em geral não são animadoras.

A última edição do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês), realizada em 2016, mostrou que o Brasil não está bem na leitura – ficou em 59º lugar numa lista que media a capacidade de entendimento e uso de textos para se expressar.

Outro estudo, chamado Retratos do Livro, realizado a cada quatro anos pela Fundação Pró-Livro, mostra que o brasileiro gosta de ler, mas tem pouco tempo para se dedicar a essa atividade, mesmo que a considere prazerosa. Segundo o estudo, 73% dos brasileiros dizem gostar de ler, mas 59% não estavam lendo nada no momento da pesquisa. As principais queixas se referem a falta de tempo (43%) e preferência por outras atividades (9%), falta de paciência (9%) e ausência de bibliotecas por perto (8%).

Leia abaixo sugestões bem práticas para ajudar a combater esse quadro.

1) Monte Uma Biblioteca Comunitária

O primeiro passo para ter uma boa biblioteca é escolher o público-alvo. Afinal, o mundo literário é imenso, mas nem toda obra é universal. Há livros para crianças, adolescentes, adultos…. Definido o leitor, o segundo passo é escolher onde será a ação. Na empresa? Na rua? Na ONG?

Fez a opção? Legal, agora é montar o espaço. Basta uma estante, algumas caixas ou uma mesa. A sua criatividade é a autora.

Tudo pronto, peça doações a colegas e familiares para encher o espaço montado por vocês. Os livros darão vida ao local!

E não esqueça de pregar uns cartazes bem bonitos para chamar a atenção e usar suas redes sociais para divulgar. Cópias de capas de livros famosos são um bom exemplo de arte para estimular a presença de todos nesse espaço.

Este link tem mais dicas sobre como organizar uma biblioteca. Dê uma olhada também nesta história. É de uma menina do interior de São Paulo que, apaixonada pelos livros, montou uma biblioteca comunitária com mais de 300 obras em sua própria casa!

2) Pegue um Livro e Deixe Outro

Ideias simples podem mudar o mundo. Esta é uma delas. A iniciativa surgiu nas ruas de Nova York com o nome de “Book Crossing’ e, dada sua simplicidade, foi replicada mundo afora. Consiste na montagem de uma pequena biblioteca em algum lugar público (mas pode ser dentro da empresa também), na qual, para pegar um livro, a pessoa precisa deixar outro. Quando terminar de ler uma obra, basta devolvê-la e pegar de volta o que havia deixado ou retirar outro.

Não importa o autor, o tamanho ou o tema.  O que interessa é manter os livros circulando de mãos em mãos. O lema é “se você ama seu livro, deixe-o circular”. Um passo a passo para montar um sistema deste está aqui.

Bons exemplos são os do Shopping Boulevard e do Centro Cultural da Light, no Rio de Janeiro, e o projeto Container com Letras, em Belo Horizonte. A iniciativa mineira, aliás, roda por outras cidades. Confira na página onde eles estão e contribua!

Uma outra forma de fazer os livros literalmente circularem é o Projeto Cultura no Ônibus, um dos projetos relacionados ao conjunto de iniciativas Direção Social,  da companhia de transporte urbano Grupo Comporte. Com ele, os passageiros dos ônibus tem acesso gratuito a livros disponibilizados em displays dentro dos coletivos, e que são doados graças aos voluntários das empresas. A iniciativa só tende a crescer, e a cultura gira por toda as cidades integrantes! Segundo Jean Moraes, diretor da Turb Petrópolis, o projeto atende hoje cerca de 40% da frota e tem previsão de chegar em 60% até dezembro.

Cultura no Onibus

Colaboradoras da Turb Petrópolis divulgam o projeto para os passageiros

3) Círculo do Livro

Se não deu para montar um espaço, sem problemas.  Há outras formas de estimular a leitura. Uma delas é organizar um “círculo do livro”. Ele nada mais é que uma rede de empréstimos de obras literárias, na qual um grupo troca obras de tempos em tempos. A ideia aqui é manter as pessoas sempre com um conteúdo na mão, lendo e comentando o que foi lido. Uma ideia bacana é ter uma data para discutir os livros. Que tal começar hoje e marcar um café no fim do mês para todos comentarem suas leituras?

4) Dicas de Leitura

Outra forma de fomentar a literatura no seu meio é consultar os amigos e fazer uma lista dos livros que marcaram sua vida ou que possam ser agrupados por temas. Afinal, opções de livros não faltam e, às vezes, as pessoas ficam perdidas diante de tantas opções.

Faça uma lista com títulos como “Livros que vão te fazer chorar”; “Obras que te farão rir”; “Leituras para viajar” etc. Em seguida, faça um cartaz com essas dicas e o pregue em um lugar de grande visibilidade. Troque as sugestões de tempos em tempos. Um exemplo é este aqui (em inglês).

5) Contação de Histórias

Por fim, você pode organizar rodas de contação de histórias para crianças ou idosos de uma ONG parceira. Reúna os amigos voluntários e defina um livro a ser lido. Na sequência, todos terão um prazo para ler a obra. Com a leitura em dia, troquem ideias sobre como contar a história para crianças ou adultos, tornando-a ainda mais atraente. Uma ideia é fazer uma espécie de teatro com o conto ou romance, sempre se referindo à obra, para despertar o interesse do espectador no livro em si. Depois, doe alguns livros para que eles possam conhecer a história com sua própria imaginação.

Aliás, este artigo tem várias dicas sobre como organizar sua contação.

 

E por falar em imaginação, tem mais alguma ideia sobre como estimular leitura? Ou experiência legal? Escreva nos comentários!

(Visited 168 times, 2 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.