SOS Brumadinho – Como promover o Voluntariado em ações emergenciais

Há 4 dias, o Brasil assistiu a mais uma tragédia em Minas Gerais: O rompimento de uma barragem de rejeitos de minério de ferro na cidade de Brumadinho. As cenas de Mariana infelizmente se repetiram.

Nesse contexto lamentável, para ajudar gestores a mobilizar os colaboradores nas empresas, separamos algumas ações nas quais é possível se engajar, além de trazer ideias de como a sua organização pode se preparar para atuar com agilidade em casos de ações emergenciais.

 

Como algumas empresas já estão se mobilizando?

Nesse primeiro momento, vamos falar sobre algumas ações que já estão sendo realizadas e dar ideias de como a sua empresa pode ajudar também. Alguns clientes do V2V já estão utilizando as suas plataformas de voluntariado como forma de colaboração.

Azul linhas aéreas

A empresa está usando o Portal de Voluntariado para estimular seus funcionários a doarem itens como água, materiais de primeiros socorros e higiene pessoal. As doações serão direcionadas a uma das bases da companhia aérea e entregues na medida em que as doações forem chegando.

Banco do Brasil

A instituição bancária também está usando a sua plataforma corporativa de voluntariado para mobilizar seus colaboradores e disponibilizou uma conta corrente oficial pra recolher fundos e ajudar na recuperação da cidade e auxiliar as vítimas.

Uber Eats

A startup criou a página para doações  “Juntos por Brumadinho”. Nela foi criada uma loja virtual onde diariamente são inseridos produtos que a cidade está precisando. Dessa forma, as pessoas podem entrar e fazer doações. O valor da entrega está sendo coberto pela própria Uber, ou seja, a pessoa paga apenas pelo produto doado.

Ifood

O aplicativo decidiu apoiar a causa através da sua própria operação. No final de semana passado cada pedido feito pela plataforma resultava em um prato de comida doado a Brumadinho.

Coworking Regus

A empresa está aceitando doações de água mineral, alimentos não perecíveis, produtos de higiene e roupas que serão enviados para Brumadinho. Há mais de 70 locais de doação pelo país, incluindo dois em Belo Horizonte, também em Minas.

O que a sua empresa pode fazer agora?

Uma boa forma de começar a se movimentar é realizando parcerias estratégicas.

Antes de começar qualquer ação, é importante consultar a Defesa Civil, além de outras organizações que já estejam atuando na causa, para que as atividades sejam feitas de forma coordenada. Aqui vão algumas parcerias que podem ser feitas:

1 – Defesa Civil

Antes de iniciar qualquer ação na sua empresa, procure a defesa civil para entender as dimensões do evento e planejar com eficiência quais ações a sua empresa poderá organizar para de fato ajudar. Esse é o órgão responsável pela coordenação dos trabalhos em situação de desastre. Em Minas Gerais, ela funciona 24 horas e pode ser contatada através do telefone 199. Para mais informações, você pode entrar no site da defesa civil.

2 – Organizações Não Governamentais

Há algumas organizações que já são bastante preparadas para casos emergenciais como o de Brumadinho. A Cruz Vermelha é uma das principais. No Brasil, ela atua fortemente com equipes preparadas para auxiliar os órgãos públicos em ações como gestão de abrigos, logística de donativos e primeiros socorros. Sua empresa pode entrar em contato e verificar em que tipo de mobilização específica está sendo realizada para cada incidente.

3 – Empresas

A parceria entre empresas é muito bem vinda e cada uma pode ajudar com o que tem. Por exemplo: se a sua organização está realizando uma ação de arrecadação e coleta, ela pode entrar em contato com transportadoras para carregar materiais coletados, redes farmacêuticas dispostas a doar remédios, redes de supermercados que podem fornecer mantimentos ou lojas de materiais de construção preparadas para um fornecimento de emergência.

É sempre importante ficar atento as necessidades específicas de cada momento e a melhor forma de ajudar. Nesse exato instante em que o post está sendo escrito, por exemplo, a defesa civil informou que não precisa de mais doações por enquanto. A maioria das empresas aproveitam a sua própria expertise para ajudar de uma forma mais rápida e consistente. A forma mais eficaz de planejar o apoio é se fazendo as duas perguntinhas a seguir:

  1. Quais são as necessidades reais nesse exato momento?
  2. Como posso usar a expertise da minha empresa para suprir essas necessidades?

Respondendo a essas duas simples perguntas, a sua empresa já estará bem mais preparada para agir.

Prevenção

Como diz o ditado, prevenir é melhor do que remediar, então vamos agora dar algumas dicas de ações de prevenção que podem ser realizadas na sua empresa através do voluntariado:

1) Oficinas sobre procedimentos em situações emergências

Os voluntários podem visitar escolas, creches, igrejas, abrigos e outras instituições a fim de orientar gestores e colaboradores sobre como agir em emergências como incêndios, desabamentos e enchentes. Antes disso, esses voluntários terão que ser capacitados pela Cruz Vermelha ou outra entidade que domine o assunto a ser abordado.

2) Orientações sobre campanhas de doação e arrecadação para uma cultura de doação eficiente

Parte das doações em uma situação de caos podem não ser aproveitadas por questões de logística, transporte ou até mesmo impossibilidade de armazenamento. É importante também estar sempre atento as datas de validade dos alimentos doados. Por conta dessas situações, é necessário criar mecanismos de comunicação e orientação eficazes que diminuam essas intercorrências.

No site do V2V há um ebook disponível gratuitamente que certamente pode ajudar e muito na prevenção e apoio em casos de ações emergenciais.

Fique sempre muito atendo pois infelizmente já existem falsos sites de arrecadação.

No artigo da próxima semana, esperamos poder trazer boas notícias. Lembramos que toda forma de ajuda é bem vinda!


(Visited 134 times, 1 visits today)

Renata Bonito

Publicitária, Analista de Novos Negócios na V2V.

More Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.