Como estimular a cidadania no país do “você sabe com quem está falando?”

Em uma pesquisa de campo que fiz recentemente para o trabalho de um curso, precisei conversar com pessoas pelas ruas para entender como era sua relação com o lixo. Todas elas reclamaram de ruas muito sujas, criticando papelões, sacos plásticos, cacos de vidro e outros objetos descartados pela população. E quando perguntei o que elas achavam que deveria ser feito para melhorar a situação, a resposta foi unânime: a prefeitura deveria limpar as ruas mais vezes. Fiquei (e ainda estou) espantada por não ter ouvido nenhum comentário sequer responsabilizando as pessoas que jogaram o lixo sendo, afinal, as responsáveis diretas pela sujeira. Este caso é só um exemplo que ilustra uma realidade mais ampla: o brasileiro médio não se sente […]

Continuar lendo