Evite armadilhas na gestão do Programa de Voluntariado

Por Giuliana Preziosi* Realizar ações de voluntariado envolve pessoas e o complexo mundo das relações humanas. Quando falamos de voluntariado empresarial, adicionamos mais um elemento na equação: a empresa, que apesar de ser uma pessoa jurídica é feita de pessoas e possui interesses próprios. Qualquer programa de voluntariado empresarial para ser bem sucedido deve atentar para os interesses e necessidades dos 3 principais atores envolvidos neste contexto: a empresa, o funcionário e a comunidade; o grande desafio é encontrar uma relação de equilíbrio entre eles. Mas isso não é muito simples, pois estamos em constante transformação, seja ela interna ou externa. O meio influencia a gente e a gente influencia o meio, de forma positiva ou negativa. Como levar tudo […]

Continuar lendo