Brincadeiras que transformam instantes: descubra o #PlayMonday

Recentemente conhecemos uma iniciativa tão simples quanto divertida: o #PlayMonday, um movimento que consiste em fazer brincadeiras com pessoas, gravar e publicar para que outros possam se divertir também. “A gente não consegue acabar com as guerras, com a miséria, mas transformar um instante a gente consegue. Brincando, brincando.” A citação acima nós encontramos no site www.playmonday.com.br e achamos que resume muito bem o motivo para entrarmos nessa brincadeira.   Brincadeiras ajudam no desenvolvimento das crianças… Muitas empresas sabem a importância da brincadeira para o desenvolvimento das crianças, e a Fundação Nestlé Brasil é uma delas. A companhia encoraja os colaboradores da Nestlé a visitarem organizações sociais parceiras levando não só receitas e dicas de boa alimentação, mas também brincadeiras […]

Continuar lendo


Como e por que dividir a criação de notícias com os voluntários?

conteudo

Se sua empresa tem um programa de Voluntariado Empresarial, provavelmente você já se viu com a necessidade de compartilhar notícias sobre o tema com os colaboradores da sua empresa: seja para divulgar novidades sobre o que acontece no Programa ou para motivar os colaboradores com notícias gerais sobre boas ações. Estes conteúdos podem ser divulgados via intranet, murais físicos, newsletters ou pelo Portal de Voluntariado, caso a empresa tenha um. Mas no corre-corre do dia a dia pode ser difícil conseguir tempo para pesquisar assuntos legais e produzir esses textos. E é aí que entra o Voluntário de Conteúdo.   Com vocês, o Voluntário de Conteúdo Desde o lançamento do seu Portal de Voluntariado, a Azul Linhas Aéreas abriu espaço […]

Continuar lendo


O que é Economia Solidária e como estimular entre seus colaboradores

A Economia Solidária é um conceito antigo e refere-se a um modo de atividade econômica caracterizada pela autonomia na produção, pela igualdade dos membros e pela honestidade do serviço/produto. Recentemente, o termo ganhou força como uma alternativa inovadora de oferecer serviços de qualidade a preços justos, pois os serviços são oferecidos por pessoas para pessoas, ou seja, a margem de lucro deve ser mais baixa para poder lograr sucesso. Em alguns casos, não há lucro nenhum, o serviço funciona como uma ponte entre pessoas que têm o mesmo interesse, como um “clube de troca”. Abaixo, separei alguns exemplos de atividades da Economia Solidária inovadores e que podem servir de inspiração. Exemplos famosos de Economia Solidária Um dos “mercados” em que a ideia […]

Continuar lendo


Diversidade e Voluntariado: como ir além em suas ações?

diversidade

Diversidade é uma dessas palavrinhas mágicas, do tipo que é possível colocar em diferentes contextos e realidades e que sempre funciona. É, por si só, algo positivo, um valor de inclusão, agregador. Quando associada a outras palavras, especificam a inclusão a que se refere, como a racial, sexual, de gênero, de deficientes físicos, etc. O Voluntariado, assim como a Diversidade, também assume essa função. É o tal fazer-o-bem-sem-ver-a-quem. Nos remete a algo positivo e bem intencionado. Então, por que não juntar essas duas palavrinhas mágicas para fazer o bem, promover a inclusão e contribuir para um mundo que seja, além de diverso, inclusivo e respeitoso. Ser voluntário é necessariamente ser amante da diversidade, pois nos faz enxergar o outro não […]

Continuar lendo


Engajamento de lideranças no voluntariado: 4 formas de superar esse desafio

Quem trabalha com voluntariado corporativo sabe quantos desafios tem de enfrentar no dia-a-dia. Um deles é o de engajar as lideranças para que estimulem ou abram portas para que seu time participe do Programa. Isso acontece porque supervisores, coordenadores e gerentes são sempre cobrados pela produtividade de sua equipe, e muitos temem que o envolvimento de funcionários nas ações voluntárias possam comprometer sua atenção e disponibilidade – principalmente no caso de atividades feitas no horário de trabalho. Portanto, a tarefa do gestor do Programa de Voluntariado é, antes de mais nada, convencê-los do valor do voluntariado para o desenvolvimento do funcionário e pro sucesso (e imagem) da empresa. Separei algumas estratégias que podem te ajudar nessa missão:   1) Envie […]

Continuar lendo


Como passar da reclamação para a ação

atitude positiva

Sempre que eu começava a reclamar da vida – do trânsito, do emprego chato, da política – minha vó sempre dizia: “menino, quanto mais reclamar pior fica, então para de reclamar e faça algo pra mudar”! É, pelo jeito, palavra de vó é coisa certa. É a Lei de Murphy aplicada a reclamação: reclamar do trânsito, faz demorar mais; reclamar do emprego, faz o chefe pegar no pé e assim vai. Além disso, a queixa constante carrega consigo um amplo espectro de sensações negativas e leva ao pessimismo. E quem é que gosta daquele colega negativo, que já chega no trabalho reclamando da vida?   O projeto “Fevereiro Sem Reclamar” Foi pensando nisso que dois amigos – Thierry Blancpain e Pieter […]

Continuar lendo


Um futuro com robôs: apocalipse total ou novas tendências para o Voluntariado?

robôs

Recentemente, estive presente em um dos encontros organizados pelo Grupo de Estudos de Voluntariado Empresarial no Centro de Voluntariado de São Paulo. A ideia do Grupo é de discutir o tema com especialistas e gestores de Programas de Voluntariado de diversas empresas. Nesse primeiro encontro de 2015, fomos convidados pelo palestrante Gil Giardelli – web ativista e especialista em tecnologia, robótica e cultura digital – a pensar num futuro nem tão distante de nós, que já aponta no horizonte como uma sociedade mais conectada, automatizada e tecnológica. Gil nos apresentou diversos exemplos e ideias, como os robôs logísticos Kiva e os robôs recepcionistas no Japão, que demonstram como esse futuro está mais próximo do que imaginamos e como a nossa […]

Continuar lendo


Como engajar quem nunca participou de ações voluntárias

A recente pesquisa Opinião do brasileiro sobre o Voluntariado, encomendada pela Fundação Itaú Social e realizada pelo DataFolha, aponta que 72% dos brasileiros nunca atuaram como voluntários. De acordo com os entrevistados, a falta de tempo e a falta de convite ou de informações para participar de uma ação social são os principais motivos. Para o vice-presidente da Fundação Itaú Social, Antonio Matias, esses dados mostram o grande potencial para explorar o voluntariado no país, mas é preciso mais informação e estímulo – e as empresas têm um papel fundamental nesse sentido. É preciso, portanto, que as empresas assumam esse desafio e tracem estratégias para engajar este grupo de pessoas em seu Programa de Voluntariado Corporativo. Veja abaixo algumas maneiras […]

Continuar lendo