Case ViacomCBS: muito voluntariado online no Virtual Community Day

Os últimos meses têm sido de muito aprendizado e transformação para todos nós. Momentos de crise nos deixam em estado de choque ou apáticos, mas aos poucos percebemos que sair da normalidade também desencadeia inovações e novas experiências que a zona de conforto não deixa aflorar. Esse foi o caso do conglomerado de mídia ViacomCBS (detentora das marcas como MTV, Nickelodeon, Comedy Central, Porta dos Fundos, Paramount Network, dentre outras), que anualmente promove o Community Day em todos os países onde a empresa atua. Normalmente as ações voluntárias são presenciais, mas este ano tiveram que se reinventar e promover o Virtual Community Day, em que os colaboradores apoiaram organizações sociais através de voluntariado online. A equipe organizadora do evento no […]

Continuar lendo


Biomimética: o que a natureza nos ensina sobre voluntariado

biomimética e voluntariado

Mogli, o menino lobo, não foi o único personagem a aprender observando a natureza. Cientistas, designers, arquitetos e engenheiros vêm fazendo este processo de observação da natureza e coleta de aprendizados de forma sistematizada através da Biomimética, que pode ser traduzida como “imitação da vida” ou “imitação da natureza”. Um exemplo famoso é o trem-bala, cuja aerodinâmica foi inspirada no bico do martim-pescador. O trem gerava um altíssimo ruído ao sair dos túneis por conta da onda de pressão atmosférica gerada ao sair dos túneis em alta velocidade. O pássaro serviu de inspiração para o engenheiro Eiji Nakatsu, que observou que seu bico favorecia a troca rápida de um ambiente com baixa resistência (ar) para outro com resistência maior (água). […]

Continuar lendo


Como usar o Design Thinking para aumentar o potencial das ações voluntárias

Você já deve ter ouvido falar em Design Thinking. Ao contrário do que o nome sugere, não se trata de pensar em desenhos gráficos, de maneira literal. Embora sua origem tenha sido, sim, a maneira como alguns arquitetos e desenhistas de produtos passaram a projetar suas obras, pensando sempre em soluções centradas no cliente. Começando do começo: o que é Design Thinking? O Design Thinking é uma abordagem de criação centrada no ser humano. Um exemplo clássico que explica esse conceito é o vidro de ketchup. Quantas vezes você já teve que dar umas batidinhas no fundo do vidro de ketchup para conseguir extrair alguma coisa dali? Isso era comum até que algum desenhista industrial resolveu posicionar a abertura na […]

Continuar lendo


Como estimular a cidadania no país do “você sabe com quem está falando?”

Em uma pesquisa de campo que fiz recentemente para o trabalho de um curso, precisei conversar com pessoas pelas ruas para entender como era sua relação com o lixo. Todas elas reclamaram de ruas muito sujas, criticando papelões, sacos plásticos, cacos de vidro e outros objetos descartados pela população. E quando perguntei o que elas achavam que deveria ser feito para melhorar a situação, a resposta foi unânime: a prefeitura deveria limpar as ruas mais vezes. Fiquei (e ainda estou) espantada por não ter ouvido nenhum comentário sequer responsabilizando as pessoas que jogaram o lixo sendo, afinal, as responsáveis diretas pela sujeira. Este caso é só um exemplo que ilustra uma realidade mais ampla: o brasileiro médio não se sente […]

Continuar lendo


“Ajudar” X “Pertencer”- por que a postura do voluntário faz toda diferença no resultado da ação

ajudar x pertencer

Recentemente, li este artigo do Chris Jarvis (um dos maiores especialistas em Voluntariado Corporativo nos EUA) que lista três tendências do Voluntariado Empresarial no mundo. No texto, ele fala sobre a evolução das ações de impacto pontual a movimentos contínuos, de transição de mera participação coadjuvante ao protagonismo e da mudança de conceitos de “ajudar” para “pertencer”. Todos esses conceitos são interessantes e certamente relevantes, mas gostaria de trazer uma reflexão principalmente sobre o terceiro ponto: as diferenças entre “ajudar” X “pertencer”. Breve introdução: por que Pertencer é mais transformador do que Ajudar Para nortear a conversa, começo trazendo aqui um trecho do texto do Jarvis: Em um modelo transacional de voluntariado e doação, as pessoas usam termos como “ajudar” ou […]

Continuar lendo


Números da rede V2V em 2017: olha quanta coisa boa aconteceu!

Janeiro é sempre um momento de reflexão. De pensar nas realizações do ano que se foi e nos objetivos para este ano que chega. Por isso, aproveitamos para rever as conquistas de todos os voluntários da Rede V2V em 2017. Ficamos surpresos e muito emocionados! Olha quanta coisa bacana aconteceu: Vamos que vamos, que em 2018 também tem muita coisa boa pra fazer!

Continuar lendo


5 notícias chatas que seu colaborador precisa saber sobre voluntariado

gestão de expectativas

Muitas vezes vejo gestores de um programa de voluntariado corporativo comentarem sobre alguma situação que deixou os participantes frustrados. Por participantes, me refiro a colaboradores que se candidataram para participar de uma ação social com uma determinada expectativa, mas que no final do dia acharam mais trabalhoso ou menos impactante do que imaginavam a princípio.   Esse cenário não é incomum. Não só no voluntariado, mas em qualquer outra situação da vida, pessoas se envolvem tendo dentro de si uma série de fantasias que esperam se concretizar. Quando elas não acontecem, nem sempre o problema é na atividade em si, mas sim na expectativa que estava irreal. Por isso, é importante trabalhar com Gestão de Expectativas, ou seja, garantir que […]

Continuar lendo


Voluntariado Empresarial: conceito e algumas observações

voluntariado empresarial conceito

Neste artigo vou falar um pouco sobre o conceito de Voluntariado Empresarial e como ele se aplica no dia a dia de um programa corporativo de Voluntariado. Isso porque, quando uma empresa decide estimular o engajamento social, articulando projetos ou apoiando iniciativas dos colaboradores, é comum o surgimento de uma dúvida básica: “Afinal, onde terminam as iniciativas sociais de um colaborador e onde começa o voluntariado empresarial?” Esta reflexão costuma surgir principalmente quando a companhia opta por apoiar projetos sociais desenvolvidos por colaboradores, ou quando funcionários se reúnem por conta própria para organizar ações na comunidade. Para contextualizar melhor: Quando uma empresa decide desenvolver um Programa de Voluntariado, ela pode organizar e promover ações sociais e convidar seus colaboradores para atuar como […]

Continuar lendo


Por que você deveria pensar menos em Voluntariado

Na sua empresa já aconteceu de você ter um projeto muito bacana em mãos, ou ver uma ideia legal na internet mas perceber que não dá pra implementar na sua empresa porque “não se encaixa no escopo” do Programa? Pois quando o assunto é Voluntariado Empresarial, tenho visto isso acontecer com uma frequência bem maior do que gostaria. Por isso, resolvi levantar a campanha: Você deveria pensar menos em Voluntariado! Calma, que eu explico. Voluntariado Empresarial, por definição, é um conjunto de atividades não-obrigatórias e não-remuneradas, com viés social, estimuladas pela empresa entre seus colaboradores. A própria companhia pode organizar toda a ação, responsabilizando-se por definir o que será feito, quando e onde; ou os funcionários podem ser os protagonistas, […]

Continuar lendo


Por que não adianta ter a melhor tecnologia se você não tiver colaboradores engajados

excelência tecnologia funcionários

Há alguns anos meu marido passou por uma cirurgia de alto risco. Mas em todo o processo, o que nos deixou mais inseguros e apreensivos não foi a noite passada na UTI, nem a cirurgia em si. Foi o pós-operatório, quando ele já estava no quarto comum de um hospital conceituado na cidade. Vou contar essa história e você vai entender o que um procedimento hospitalar tem a ver com os colaboradores da sua empresa. O misterioso caso da máquina que apitava Eram umas 3h da madrugada, estávamos exaustos (como imagino que os pós-operados e recém-saídos da UTI costumam ficar) e tentando pegar no sono. O aparelho que monitorava o soro intravenoso começou a apitar. Veio a enfermeira, mexeu alguma […]

Continuar lendo