Futebol: saiba como o esporte mais amado pode ser muito solidário!

Bola na rede pra fazer o gol

Quem não sonhou em ser um jogador de futebol?

Não é nenhuma novidade que o futebol é o esporte mais praticado e amado do Brasil! De acordo com as fontes, são mais de 30 milhões de futebolistas amadores e profissionais no país, sem contar com os outros milhares de “técnicos(as)”, especialistas e fãs da modalidade, que fazem desse esporte o principal assunto dos horários de almoço, das mesas de jantares e das rodas de amigos e amigas.

Bola para lá, rola bola para cá, e os torneios esportivos se tornaram mais que comuns dentro das empresas, incluindo todos os benefícios que a prática do desporto trás para as equipes envolvidas, como saúde, bem-estar, a prática do trabalho em time, o uso de estratégias e aprimoramento de foco e concentração. E por isso os campeonatos também são exemplos de sucesso das atividades promovidas por RHs e endomarketing.  

Eu sempre achei que esse envolvimento tinha tudo a ver com o voluntariado, e inspirado nesse campo, que resolvi partilhar mais esse post com vocês.

Não abandona a partida e vamos bater essa bola!

Aqui vão 3 maneiras de usar o futebol de forma solidária

1) Endomarketing Esportivo

São esses os 5 pontos fortes de usar do endomarketing esportivo na sua empresa:

O Endomarketing Esportivo é uma forma de engajar internamente os colaboradores de uma empresa a partir do esporte. Dentre os benefícios, você acaba por associar a sua marca aos valores de saúde e ao estímulo de uma cultura de bem estar.

1) Aumento da produtividade
2) Redução de Turnover
3) Engajamento das equipes
4) Integração de diferentes áreas
5) Melhora do ambiente de trabalho

(Fonte: https://rp2sportmkt.com.br/endomarketingesportivo/#page-content)

Esse benefícios podem ser medidos a partir do engajamento, da avaliação dos participantes e de forma mais audaciosa na mensuração de redução do próprio turnover.

2) Um torneio de futebol ou futsal

Existem vários tipos de campeonatos, e a sua empresa já deve ter testado um formato mais adequado, ou então poderá ser você a propor uma prova.

Pode ser um campeonato que dure vários dias, podem ser torneios que durem durante apenas um dia, podem ser experiências em campos menos ou mais profissionais, mas a principal dica é que você controle o máximo possível de variáveis, para que os colaboradores tenham garantidas boas experiências. E nesse caso, envolva os colaboradores mais experientes e empolgados com o assunto, eles certamente vão te ajudar, e poderão até mesmo conduzir, muito bem a organização dessa ação.

Aqui vão algumas dicas:

  • Faça uma visita técnica: conheça o local dos jogos, os trajetos, a infraestrutura e todos os detalhes para que possa garantir a experiência mais completa possível.
  • Produza conteúdos: de engajamento, bem como um bom material de cobertura dos jogos. É importante demais que os jogadores participantes tenham visibilidade interna, como o time que defende a camisa da empresa no esporte!
  • Promova a experiência: e se atente aos detalhes, você pode customizar tudo, desde as tabelas de acompanhamento dos jogos, álbuns de figurinhas para os colaboradores e os seus filho(a)s, garrafas de água, prêmios para os melhores colocados e prêmios de participação, narração e transmissão oficial para toda a empresa, e toda uma sorte de detalhes, que, conforme seu orçamento e criatividade, deixarão os jogadores imersos numa perfeita copa de campões.

Veja um vídeo cheio de dicas:

3) O futebol solidário

Muitas empresas já utilizam dos torneios para fazer desse momento uma oportunidade de solidariedade também!

A ideia praticada até então é bem simples: você escolhe uma causa ou entidade, e os recursos levantados com o jogo são diretamente direcionados. Em alguns casos até jogadores famosos são convidados a participar, e então a arrecadação aumenta do ponto de vista da bilheteria. 😊

Para o seu programa de voluntariado pode ser uma forma interessante de cruzar o engajamento natural que o esporte propicia, com a possibilidade de provocar o espírito social nos colaboradores ao mesmo tempo. É um ótimo casamento!

E dessa forma, existem maneiras de engajar e de tornar o futebol empresarial mais social. Como por exemplo:

  • Estimule o futebol solidário entre os voluntários, garantido que, enquanto área de voluntariado, você faça a ponte com entidades credíveis, monitoradas ou que precisem mesmo do recurso arrecadado. E sobre as causas, podem ser causas internas, como por exemplo as necessidades das famílias de colaboradores, ou até causas mais amplas, disponíveis nos calendários sociais: dia das crianças, natal, etc. Sua área de voluntariado pode até propor um calendário de datas e causas para que os times se organizem em seu favor.
  • Envolva a comunidade do entorno nos torneios: os colaboradores podem e devem se envolver com a comunidade do entorno. Essa oportunidade de integração pode trazer grandes aprendizados, com pessoas da vizinhança que queiram participar, com adolescentes e pessoas institucionalizadas, de forma que o seu torneio não seja uma experiência de clube de elite, mas um laboratório de interação e integração social. Pode ser um time da comunidade versus um time da empresa? Pode ser um time misto com colaboradores e pessoas com deficiência de uma instituição parceira? Exercite novas formas de diversidade!
  • Valorize a diversidade: Futebol não é coisa só de homem não e acho que aqui a gente já está careca de saber, não? Então é esse o momento de promover torneios para mulheres também: com a mesma força e importância que o masculino. Aproveite para falar sobre diversidade de gênero e de todos os assuntos que essa oportunidade propicia. Olha aqui um material bacana sobre as mulheres e outro sobre o futebol LGBTQI+.
  • Assistir juntos uma partida: propicie que crianças, ou idosos, de alguma entidade parceira possam assistir a um jogo num estádio profissional, ou ao torneio da sua empresa! Alunos de escolas públicas podem ser a torcida de cada time, e a torcida mais animada recebe uma ação de voluntariado bem transformadora, depois dos jogos. Que tal?
  • Promova torneios com alunos das comunidades e das escolas públicas enquanto treinadores voluntários. Aproveite até, se possível, da infraestrutura do torneio empresarial. Muitos colaboradores seriam excelentes técnicos de times de uma garotada que só precisa de um empurrãozinho e um capricho de oportunidade. Muitos técnicos fazem isso como voluntários, e de forma contínua, estabelecem relações de longo prazo com esses meninos e meninas.  

Algumas empresas que já promoveram (ou promovem) ações com esse tema

  • Azul: Organização do futebol solidário masculino e feminino.   
  • Banco do Brasil: Doação de Kits de Futebol.
  • Brasil Bolsa Balcão: Ações de melhorias em quadras esportivas.
  • Bradesco: Escolinha de Futebol.
  • Instituto C&A: Doar alimentos, tomar café da manhã com as crianças brincar e jogar bola.
  • EDP: Construção de um campo de futebol Society com dimensões oficiais, sistema de drenagem e sistema de irrigação com água de um poço artesiano, e construção de quadra de vôlei de areia e ainda melhoria do ambiente com paisagismo e jardinagem.
  • Itaú: Compra de uniformes.

Portanto, não perca o campeonato, dê um cartão vermelho para a não ação, um cartão amarelo para o desestímulo, e apite o início de jogo.

Boa partida!

(Visited 66 times, 1 visits today)
Avatar

Bruno Barcelos

-Treze anos de significativa experiência nas áreas de Sustentabilidade, Investimento Social Privado, e Voluntariado, com foco em planejamento, gestão, monitoramento, e avaliação de iniciativas privadas e públicas. Bem como experiência em gestão (estratégica – operacional) empresas e em ONGs e articulação entre parceiros dos setores diversos. Amplo experiência no desenvolvimento de assessorias, capacitações e palestras nos temas acima citados, adicionalmente às expertises em prospecção, atendimento, negociação, venda, e na criação/customização de soluções para empresas de grande, pequeno e médio porte nos temas correlatos.

More Posts - LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.