Boas práticas para gestão do voluntariado em organizações sociais

As organizações sociais atuam em diversas frentes e iniciativas e seria quase impossível englobar todas as realidades em um único post. A multiplicidade de tamanhos, causas, geografia, recursos, natureza jurídica e governança gera boa dificuldade de criar marcos regulatórios e padronização de práticas, contudo um ponto em comum dentro de toda essa pluralidade é a constante necessidade de voluntários para possibilitar a sua operação. Uma iniciativa da sociedade civil sem fins lucrativos, em geral, nasce por uma necessidade ou por um ideal e quase nunca dispõe de uma quantidade suficiente de trabalhadores remunerados para concretizar sua missão. A forma de gerir esses voluntários que chegam as vezes de forma aleatória, inesperadamente, ou simplesmente não chegam, pode ser um diferencial para […]

Continuar lendo