Como fazer seus voluntários interagirem

Image

“A união faz a força”, diziam nossos avós. Essa máxima se torna incrivelmente perceptível em um programa de voluntariado: quanto mais gente aderindo, quanto mais as pessoas estiverem engajadas, mais transformador é o resultado. Neste outro post, explicamos por que dar voz aos colaboradores é fundamental para o Programa de Voluntariado.

Mas como mobilizar e engajar pessoas a dedicarem seu tempo para uma causa? Como fazer com que os voluntários conversem entre si, motivando uns aos outros?

A resposta é tão simples que espanta: dê espaço para que eles façam isso. Pode ser um espaço na intranet, um grupo no Facebook, um blog, um evento que reúna presencialmente os colaboradores em torno do tema Voluntariado. Basta criar um ambiente favorável e deixar que cada um deles se sinta confortável para falar.

Todos querem ouvir e ser ouvidos

O importante mesmo é não deixar de dar esta oportunidade a eles. Com a chegada da internet, todos nós nos tornamos consumidores mas também produtores de informação. As novas gerações não querem apenas ouvir: querem comentar, opinar, acrescentar. Dar voz aos colaboradores é dizer “eu sei que você tem algo interessante para compartilhar e quero ouvir o que tem a dizer”. Nada é mais motivador do que saber que nossa opinião importa e que temos algo a acrescentar em um grupo.

Nas redes V2V de nossos clientes sempre percebemos esta interação entre os colaboradores de uma maneira natural e muito rica. Observamos as conversas entre os voluntários e notamos a facilidade com que publicam comentários de incentivo ou suas fotos depois de uma ação realizada. Ao ver estas interações sabemos o quanto a rede de voluntários está viva e animada para colocar a mão na massa.

interação entre voluntários

Conversa entre estagiários no site da Rede de Ações Sociais Itaú.

conversa entre voluntarios CeA

Conversa entre participantes de uma ação no Portal Voluntariado Instituto C&A.

 

Mãos à obra

Como está a interação entre os voluntários do seu programa atualmente? Eles se encontram com frequencia? Se conhecem pessoalmente? Há um espaço virtual no qual eles possam trocar experiências?

Se o programa não possui este espaço, saiba que criar um momento de interação entre os voluntários pode ser mais fácil do que voê imagina. Que tal reunir o comitê de voluntariado para pensarem juntos em como articular este espaço? Aí vão algumas ideias:

  • Se seu programa abrange diferentes regiões, incentive os comitês locais a promoverem um encontro local de voluntários
  • Promova anualmente um Encontro Nacional de Voluntários. Caso o número de voluntários seja muito grande, poderão ser selecionados os voluntários mais engajados de cada região para participar do evento.
  • Monte um Portal de Voluntariado para seus colaboradores. A V2V oferece uma ferramenta completa e simples de implementar.
  • Se não puder ter um portal em sua empresa, monte um grupo de e-mails (como Yahoo Groups ou Google Groups) ou uma página no Facebook para os voluntários interagirem.

 

ebook-CAT1

(Visited 281 times, 1 visits today)
Natalia Kelbert

Natalia Kelbert

Publicitária e especialista em Responsabilidade Social Corporativa. Atualmente é editora do blog Voluntariado Empresarial e diretora de novos negócios na V2V, além de membro-organizadora do Grupo de Estudos de Voluntariado Empresarial.

More Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.