Como inspirar os voluntários da sua empresa

believe

Você já reparou como algumas pessoas têm o dom de inspirar outras? Ou como uma simples ação pode influenciar um monte de reações diferentes?

É… como dizem, toda ação tem uma reação. Então que tal aproveitar essa simples regra do Universo para criar uma corrente bem bacana de bons comportamentos e atitudes?

Fornecer fontes de inspiração para os voluntários do programa da sua empresa pode ser o suficiente para deslanchar uma grande revolução do bem. 🙂

Confira aqui algumas dicas que podem te ajudar nessa missão:

 

1. Busque e divulgue bons exemplos dentro da própria empresa

Empresas são ambientes riquíssimos quando o assunto é inspiração. Somos desafiados e inspirados constantemente pelos nossos líderes, fornecedores, clientes, mas principalmente pelos nossos colegas de trabalho. Sim, nossos colegas de trabalho, aqueles que sentam do nosso lado são muitas vezes nosso maior fator motivacional.

Investigue e seja surpreendido por esses pequenos exemplos diários de superação e inspiração. Pode ser aquele colega super engajado que ajuda várias instituições sociais todo ano, ou então aquela pessoa mais tímida que ajuda com mantimentos sua vizinha necessitada. Na verdade o tamanho da ação em si pouco importa, o que é legal aqui é valorizarmos todos os exemplos de quem quer ajudar, de quem quer fazer mais.

Podemos ainda não nos deter apenas em exemplos de ações sociais, mas também em histórias de vida e superação. Por exemplo, que tal contar a história de um colaborador que emagreceu mudando seus hábitos alimentares e de atividade física? Melhor ainda se ele estiver disposto a compartilhar todo o conhecimento adquirido neste período. O objetivo principal deve ser gerar ações positivas e isso é muito inspirador, pode motivar pessoas a tomarem a mesma atitude, gerar ações voluntárias de qualidade de vida ou até mesmo unir grupos de apoio mútuo, como uma equipe de corrida.

 

2. Lance ações simples e “virais”

As vezes o que precisamos é de um pequeno empurrãozinho, não é mesmo? Que tal atrair novos voluntários com ações simples de serem realizadas? Pode ser um bom começo para quem quer participar, mas ainda não tem muito tempo ou não sabe como ajudar.

Pode ser uma ação interna, como por exemplo “Troque o seu copo descartável por uma caneca”. Ou uma ação que beneficiará uma Instituição externa como “Doe um livro para a Biblioteca do bairro”. Estimule os participantes a tirarem selfies junto de suas canecas ou livros doados, compartilhe as fotos internamente, faça murais, cartazes… isso gera um movimento positivo que as pessoas vão querer participar. Esse tipo de ação torna o Programa de Voluntariado conhecido, da próxima vez que quiserem se engajar em alguma ação os colaboradores vão saber onde procurar informações.

 

3. Compartilhe histórias da internet

Você já reparou quantas histórias legais existem na internet? Podemos achar nela fontes de inspiração para o ano inteiro, sem sombra de dúvida! Veja este post em que listamos 8 notícias e vídeos incríveis sobre isso.

Compartilhe com os voluntários aquela reportagem incrível sobre reciclagem que você viu no jornal, ou então como uma comunidade se reuniu para restaurar o parque de diversões do bairro, ou até mesmo aquele vídeo super fofo que você assistiu sobre proteção animal. Já parou para pensar que apenas um exemplo desses, pode ser o “gatilho” perfeito para alguém sair da sua zona de conforto e agir?

Se a sua empresa tiver um Portal de Voluntariado, essa tarefa vai ficar ainda mais fácil de ser realizada, aproveite também para pedir aos usuários sugestões de matérias para serem compartilhadas.

Aproveite todas as oportunidades. Podemos estar a um passo de inspirar alguém e ganhar mais um voluntário para o mundo.

Quiz Potencial Programa de Voluntariado Empresarial

(Visited 747 times, 1 visits today)

2 comentários sobre “Como inspirar os voluntários da sua empresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.