Dicas de voluntariado para uma cultura de paz

O ODS 16 tem como título “Paz, justiça e instituições fortes”. Mas como o programa de voluntariado da sua empresa pode estimular uma cultura de paz?

Essa semana eu li essa matéria no site do PNUD chamada “Conheça três jogos do PNUD para pensar sobre a Paz” e resolvi partilhar por aqui algumas dicas de como esse assunto pode ser abordado no seu voluntariado corporativo.

O ODS 16 e uma cultura de paz

Em primeiro lugar, vale lembrar que o ODS 16 tem os objetivos abaixo:

  • reduzir significativamente todas as formas de violência e as taxas de mortalidade relacionada, em todos os lugares;
  • acabar com abuso, exploração, tráfico e todas as formas de violência e tortura contra crianças;
  • promover o Estado de Direito, em nível nacional e internacional, e garantir a igualdade de acesso à justiça, para todos;
  • até 2030, reduzir significativamente os fluxos financeiros e de armas ilegais, reforçar a recuperação e devolução de recursos roubados, e combater todas as formas de crime organizado;
  • reduzir substancialmente a corrupção e o suborno em todas as suas formas;
  • desenvolver instituições eficazes, responsáveis e transparentes em todos os níveis;
  • garantir a tomada de decisão responsiva, inclusiva, participativa e representativa em todos os níveis;
  • ampliar e fortalecer a participação dos países em desenvolvimento nas instituições de governança global;
  • até 2030, fornecer identidade legal para todos, incluindo o registro de nascimento;
  • assegurar o acesso público à informação e proteger as liberdades fundamentais, em conformidade com a legislação nacional e os acordos internacionais;
  • fortalecer as instituições nacionais relevantes, inclusive por meio da cooperação internacional, para a construção de capacidades em todos os níveis, em particular nos países em desenvolvimento, para a prevenção da violência e o combate ao terrorismo e ao crime;
  • promover e fazer cumprir leis e políticas não discriminatórias para o desenvolvimento sustentável.

Daí já percebemos que temos um grande dever de casa no Brasil.

Dia 21 de setembro: dia internacional da paz

O Dia Internacional da Paz é celebrado em 21 de setembro e, como muitas dessas datas internacionais, foi promovido pela ONU em 30 de novembro de 1981.

Há vinte e cinco anos, Kofi Annan proclamou-o como um dia de cessar-fogo e de não violência em todo o mundo. Desde então, este dia é celebrado para que se pense e aja pela paz. Esse ano a Assembleia Geral lembrou o quanto a cultura de paz é ainda mais importante para esse momento de pandemia.

Vale lembrar (não para confundir, mas para unir esforços 🙂 ) que existe ainda o Dia Mundial da Paz, comemorado em 1 de janeiro e criado pelo papa Paulo VI em 1967.

Voluntários são multiplicadores de bons exemplos

Sabemos que os desafios propostos pela Agenda 2030 só serão superados diante de uma convergência de políticas públicas juntamente a um processo longo de mudança cultural, educação para a ética e um monte de outras providências transversais.

Diante de uma questão tão grandiosa, cabe a um programa de voluntariado comprometido com a paz fazer bom uso do seu alcance de relações e ser advogado de posturas cooperativas, em prol da não violência e do exemplo de cidadania.

E fato é que um dos grandes diferenciais dos voluntários de uma empresa no relacionamento com a comunidade é o exemplo que podem trazer.

Afinal cidadãos comprometidos com o bem-estar coletivo são, na prática, difusores de uma cultura solidária, da empatia, da justiça social e tantos outros atributos que quanto mais exercitados mais se multiplicam.  

Cidade do Amanhã: jogo criado pelo PNUD para sensibilizar

Umas das formas do seu programa de voluntariado estimular a cultura de paz é engajar sobre o tema virtualmente, através de interações online.

“O game virtual Cidade do Amanhã é o vencedor do 1° Concurso de Jogos Digitais do PNUD. Ao iniciar uma partida, os participantes escolhem o personagem que irá representá-los: a prefeita, o vereador, o empresário, o cidadão ou o juiz. Na Cidade do Amanhã, cada jogador deve tomar decisões que levem o território rumo ao progresso com relação a metas do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 16 – paz, justiça e instituições eficazes” (PNUD).

O fato de ser digital possibilita que os voluntários colaboradores da sua empresa facilitem a dinâmica com seus familiares, amigos ou pessoas da comunidade e instituições parceiras.

Dessa forma, promover o jogo, per se, é uma maneira fácil de falar sobre essas questões que tanto impactam o dia a dia do brasileiro.

“O jogo é composto de cartas e estratégias para estimular a reflexão sobre desenvolvimento humano e está disponível desde setembro de 2020 para download em computadores e celulares com sistema Android. Para acessar o Cidade do Amanhã, clique aqui (para celular) e aqui (para computador)” (PNUD).

Para falar com o desenvolvedor do jogo clique aqui, tire suas dúvidas e perceba como sua empresa pode promovê-lo de uma forma amplificada.

Mais dicas para uma cultura de paz

Além disso, o seu programa de voluntariado pode:

  • Organizar webinares com especialistas que tirem dúvidas sobre segurança pública de uma forma local ou nacional;
  • Divulgar a cultura da paz através das redes sociais por meio de um template criado pela sua empresa ou mesmo por iniciativas livres criadas pelos próprios colaboradores. Veja esse pinterest aqui sobre o dia da paz;
  • Oferecer um workshop online sobre comunicação não violenta;
  • Disseminar amplamente dicas e informações sobre cultura da paz no ambiente digital, tão habitado pelo ódio hoje em dia.

E por aí vai. Certo? Tem mais alguma ideia? Partilhe conosco! Vamos trocar boas práticas por aqui também!

Um abraço 🙂

(Visited 122 times, 1 visits today)
Bruno Barcelos

Bruno Barcelos

Quatorze anos de significativa experiência em gestão de projetos nas áreas de Sustentabilidade, Investimento Social Privado, e Voluntariado, empreendidos por iniciativas privadas e públicas. Além de experiência em gestão de empresas e em OSs, bem como a articulação entre parceiros dos setores diversos. Ampla experiência no desenvolvimento de assessorias, capacitações e palestras nos temas acima citados para empresas de grande, pequeno e médio porte.

More Posts - LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.