A Hora do Planeta 2021: um ato simbólico pela conscientização ambiental

Esse ano, mais do que nunca, considerando o período crítico em que vivemos, vamos usar as possibilidades digitais para trazer à luz a importância de estarmos em cuidado integrado com a natureza:

Em 2021 a Hora do Planeta será digital por todo o mundo!

Conheça e junte-se a esse movimento.

O que é e como funciona a Hora do Planeta?

Em primeiro lugar, é uma ação simbólica:

“ao apagar as luzes uma vez por ano, por uma hora, você transmite a mensagem de que se importa e quer agir em prol do meio ambiente”(WWF). 

Sendo assim, anualmente, milhares se unem ao movimento que tem como objetivos:

“conscientizar indivíduos, empresas e poder público a respeito dos desafios ambientais da atualidade, incluindo a crise climática e a perda da biodiversidade, e de como todos nós podemos fazer algo para reverter esse quadro e renovar nossa relação com a natureza” (WWF).

É necessário agir sempre!

Ou seja, os 60 minutos sem luz são um marco, mas a conscientização, o desejo de mudança e as ações concretas devem estar em todos as horas de nossas vidas. Assim, não é só apagar as luzes não, é um comprometimento contínuo, em todas as frentes em que você puder atuar.

Um meio muito do bom de exercitar isso é por meio de ações de voluntariado focadas no tema do meio ambiente como um todo, e esse é um dos assuntos que veio para ficar: ou a gente cuida, ou cuida da nossa casa, Terra. Não temos opção!

A WWF conta que a Hora do Planeta nasceu em 2007 em Sydney, na Austrália, e logo se espalhou para os outros países. No no Brasil, o movimento acontece já há 13 anos!

Como participar

Nesse mês, no dia 27 de março, às 20h30, apague as luzes por uma hora, na sua casa ou na sua empresa. Nesse momento, milhares de pessoas pelo mundo estarão fazendo isso também, numa manifestação que é global.

Além disso, no mesmo dia, haverá a segunda edição do Festival Digital da Hora do Planeta, e por conta da pandemia, toda essa programação será virtual.Para participar, você pode se inscrever de forma pessoal, inscrever a sua empresa, ou seu programa de voluntariado aqui por meio deste link.

E ainda se engajar das seguintes formas:

  • Apagar as luzes às 20h30 (e postar nas redes #ConectadoNoPlaneta, #HoraDoPlaneta);
  • Acompanhar e participar da segunda edição do Festival Digital;
  • Compartilhar o material nas Redes Sociais, que está disponível para download nesse link aqui);
  • Participar da petição Eu Uso Minha Voz Pela Natureza.

ODS pelo Meio Ambiente

Se por meio do engajamento dos colaboradores, por exemplo, no voluntariado vários programas se comprometem com ações pelo meio ambiente, ao fazer isso, estamos trabalhando também pela concretização dos ODS.

Especialmente para esses aqui:

ODS 7 – Energias renováveis e acessíveis

Até 2030, aumentar substancialmente a participação de energias renováveis na matriz energética global.

ODS 13 – Ações climáticas

Adotar medidas urgentes para combater as alterações climáticas e os seus impactos.

ODS 14 – Proteger a vida marinha

Conservar e usar de forma sustentável os oceanos, mares e os recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.

ODS 15 – Proteger a vida terrestre

Proteger, restaurar e promover o uso sustentável dos  ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, travar e reverter a degradação dos solos e estancar a perda da biodiversidade.

Conheça outras ações e atue pelo Meio Ambiente o ano todo!

Perceba que o comprometimento com o meio ambiente pede muitas ações no dia a dia, exigindo sim uma rede multissetorial de ações articuladas, mas também de tomada de consciência individual.

Veja algumas ações simples de serem executadas agora mesmo:

1. Sensibilização online com turmas de crianças e toda a família  

A sensibilização sobre o assunto pode ser feita com crianças da sua família, adolescentes da sua comunidade ou aqueles institucionalizados em uma organização específica, como uma escola ou abrigo.

A ideia é que voluntários possam disponibilizar os vídeos da série “Nosso Planeta” da WWF e discutirem de uma forma leve, em um diálogo franco, as impressões sobre as informações assistidas.

Produzida em parceria com o WWF e a Silverback Films, a série de documentários original da Netflix traz imagens nunca vistas da beleza natural de nosso planeta e mostra como as mudanças climáticas têm impacto sobre todas as criaturas vivas. Descubra a história do único lugar que todos podemos chamar de casa.

2. Mudança de hábitos

“Todos os nossos hábitos de moradia, alimentação, consumo, locomoção têm relação direta com a utilização dos recursos naturais, assim como nossas opções de lazer.

Divertir-se é algo fundamental para a boa qualidade de vida, mas o lazer e o turismo predatório são responsáveis por algumas das mais visíveis Pegadas deixadas pelo homem no ambiente: a degradação de inúmeras paisagens em litorais, montanhas e cidades históricas.

Planeje viagens sustentáveis

Procure conhecer as chamadas “viagens sustentáveis”, nas quais o transporte e a estadia são coletivos, a mão de obra local é valorizada, assim como o artesanato e as comidas típicas da região. Da mesma forma, no lazer urbano, é importante valorizar o contato com a Natureza, visitando parques, estações ecológicas, e evitar a geração de grande quantidade de lixo.

Descarte o lixo corretamente

A coleta seletiva também pode contribuir bastante na redução de sua Pegada. O lixo de ser separado e entregue em Pontos de Entrega Voluntária (PEV) ou aos catadores e às cooperativas de reciclagem”. (WWF-Brasil).

Calcule a Pegada Ecológica

Você pode fazer isso sozinho, mas o ideal é que seja em turma: junto a toda sua rede pessoal e profissional.

Essa também é uma ideia para incrementar as suas ações de voluntariado sob a pauta do meio ambiente.

Aqui nesse link você pode acessar a calculadora de pegada ecológica, e ter uma ideia da sua pegada e os impactos que gera.  

Na sequência, o ideal mesmo é mudar de hábitos, ainda que aos poucos, com atitudes como:

Reconsidere hábitos alimentares

Se você consome os alimentos da estação, frutas, verduras, legumes e cereais produzidos localmente, através da agricultura orgânica, parabéns! Dessa forma, você contribui para a redução do uso de agrotóxicos e para uma exploração mais racional dos recursos do planeta.

Evite um consumo elevado de proteínas (carne animal), de produtos industrializados e de fast food. Além de uma dieta mais saudável, você irá evitar a produção de muitas embalagens, que logo viram lixo.

Além disso, é importante lembrar que 60% da água doce disponível em nosso planeta é destinada à produção de alimentos. Veja na tabela abaixo a quantidade de água necessária para a produção de alguns deles” (WWF-Brasil):

(Fonte: Water Footprint Network)

Consuma de forma consciente

O excesso de hábitos consumistas é um dos fatores que mais contribui para o esgotamento das reservas naturais do planeta. Sendo assim, evite substituir aparelhos que agregam alta tecnologia desnecessariamente e reduza o consumo de produtos descartáveis. Além de reduzir sua Pegada, esses hábitos vão fazer bem para seu bolso!

Procure adquirir produtos “verdes”, de empresas que estejam envolvidas em programas de responsabilidade socioambiental e certificadas com o ISSO 14000 (certificação ambiental)”
. (WWF-Brasil)

Compartilhe moradia

Se você mora com a família, com amigos, em comunidade ou com algum grupo, pode ter certeza de que está contribuindo para a redução de suas pegadas, pois, no coletivo, a água, a energia e outros recursos naturais são sempre melhor aproveitados. Quem mora sozinho, em geral, atinge altos graus de desperdício de recursos. Além do mais, em grupo, é possível otimizar muito o uso de equipamentos eletrodomésticos como geladeira, televisão e outros, evitando ter um equipamento por pessoa. Outra opção é adotar equipamentos e tecnologias que reduzem o consumo de água e energia.

Você pode poupar energia e água por meio de simples práticas caseiras, como isolamentos térmicos, utilização de lâmpadas fluorescentes e aparelhos elétricos e eletrônicos com o selo PROCEL, pois estes consomem menos energia.

Desligue aparelhos, inclusive da tomada, quando não estiverem sendo utilizados. Reduza o uso do ar condicionado, privilegie sempre a iluminação de ambientes com luz natural e procure utilizar as escadas em vez do elevador”
. (WWF-Brasil)

Evite meios de transporte poluentes

“O aquecimento global é causado, em grande parte, pelos gases da combustão dos motores dos automóveis. Por isso, um transporte sustentável tem de utilizar a energia de maneira eficaz, ou seja, transportar o máximo de carga possível gastando o mínimo de combustível. Dessa forma, evite andar de carro sozinho. Você pode ampliar suas formas de locomoção, utilizando bicicletas, percorrendo pequenos trechos a pé, privilegiando o uso de transporte coletivo ou organizando caronas solidárias com colegas de trabalho ou da escola. Fazer a revisão de seu veículo particular também é importante, além de abastecê-lo com combustíveis alternativos (álcool, gás natural, biocombustível) e dirigir com pneus calibrados.

O uso do avião também deve ser repensado. Um avião em uma vigem do Brasil à Europa, despeja uma quantidade de carbono na atmosfera que um carro, percorrendo 30 km por dia, produziria em mais de dois anos. Dessa forma, reveja seus itinerários e a necessidade de viajar. Reuniões de trabalho, muitas vezes, podem ser realizadas via teleconferência, evitando grandes deslocamentos”.
(WWF-Brasil)

3. Criação de um espaço colaborativo de sugestões na sua empresa

Possibilite um espaço online dentro dos canais da sua empresa, para o compartilhamento de sugestões das melhores práticas em prol do meio ambiente, que possam ser adotadas internamente.

A ideia é que os colaboradores, conhecendo as rotinas da empresa, possam sugerir práticas mais eficientes e conscientes, e que um time voluntário curador possa acolher essas sugestões dando o devido encaminhamento para analisar, propor e implementar soluções.

Ao introduzir essa mentalidade dentro da sua empresa, os colaboradores também poderão pensar em práticas sustentáveis para aplicarem dentro de suas casas. Sobretudo nesse momento de rotinas híbridas entre trabalho presencial e online.

Queremos receber sua sugestão!

Você também pode dar sugestões para a gente aqui no blog, contar como a sua empresa está agindo e partilhar ideias para que outras empresas conheçam as suas melhores práticas. Dessa forma, nós vamos tornando esse arcabouço de soluções cada vez mais rico!

Que tal trazer sua voz e sua experiência para todos que leem continuamente esse nosso material?

Participem! Sejam uma voz ativa em nossa rede. E não se esqueça:

Dia 27 de março é o dia da Hora do Planeta!

(Visited 192 times, 1 visits today)
Bruno Barcelos

Bruno Barcelos

Quatorze anos de significativa experiência em gestão de projetos nas áreas de Sustentabilidade, Investimento Social Privado, e Voluntariado, empreendidos por iniciativas privadas e públicas. Além de experiência em gestão de empresas e em OSs, bem como a articulação entre parceiros dos setores diversos. Ampla experiência no desenvolvimento de assessorias, capacitações e palestras nos temas acima citados para empresas de grande, pequeno e médio porte.

More Posts - LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.