Empresas e ONGs: como criar parcerias de alto impacto

 

Parcerias entre ONGs e empresas não são novidades no Brasil. Mas ao longo dos anos, com o aprofundamento das discussões e estudos sobre Responsabilidade Social Empresarial (RSE), essa relação foi se transformando. Fazer por fazer já não está mais em questão. As organizações buscam cada vez mais parcerias estratégicas com potencial de alto impacto. E como fazer isso? Aqui damos 3 dicas:

parcerias

1) Um programa de responsabilidade social estratégico deve estar atrelado ao negócio da empresa

O impacto é maior e o programa sustentável quando a empresa utiliza a sua expertise para intervir de forma positiva na comunidade. Portanto, na hora de escolher uma ONG para firmar parceria, a empresa deve levar isso em conta. Pesquisar e buscar indicações de ONGs que atuam de acordo com a estratégia de responsabilidade social da empresa é fundamental. Por exemplo, uma empresa da área de alimentos, pode procurar ONGs que articulem projetos de ensino de gastronomia para jovens de baixa renda, aproveitamento integral dos alimentos, nutrição e segurança alimentar em comunidades, hortas comunitárias, etc. Já para as ONGs, é importante que na busca por parcerias e patrocínios isso também seja levado em consideração. Conhecer o que a empresa procurada faz ajuda a sugerir projetos que estejam de acordo com a estratégia de responsabilidade social da empresa e apresentem maior valor e impacto.

2) Os dois lados devem ter claros quais os princípios que norteiam possíveis parcerias

Definir os objetivos, processos, exigências e valores que a outra organização deve ter, por exemplo, ajuda a nortear e facilitar o estabelecimento de parcerias. É importante que a empresa leve em consideração a diferença que pode haver no nível de profissionalização e burocracia do Terceiro Setor em relação ao Setor Privado, mas sem abrir mão daquilo que é importante para assegurar os seus direitos e cumprimento de objetivos.

As ONGs também devem esclarecer as suas prioridades. Ao longo dos anos, o Terceiro Setor foi deixando de lado um papel mais passivo nessas relações, assumindo uma voz ativa. Portanto, é essencial que as ONGs tenham claro o seu papel, seus objetivos, missão e valores, para criar parcerias estratégicas e não simplesmente fazer por fazer ou fazer um projeto porque uma empresa quer. Se isso acontece, tais ações geralmente têm impacto insignificante, não são sustentáveis e podem, por vezes, gerar experiências ruins afetando outras possibilidades de parceria.

Uma sugestão é que tanto empresas como ONGs criem uma espécie de “código interno” de relações, com os critérios básicos a serem observados para o estabelecimento de parcerias.

3) A comunicação é uma ferramenta essencial para o sucesso das parcerias

A definição dos objetivos e metas do projeto, as responsabilidades de cada organização, as atividades, as formas de avaliação, entre outras coisas, devem ser definidas de forma conjunta e equitativa. Para isso, uma comunicação transparente e recorrente em todo o processo é de extrema importância. As ONGs devem deixar sempre muito claro para as empresas qual a sua forma de atuação e quais são suas limitações. A empresa também deve ser muito clara sobre as suas intenções com o apoio ao projeto.

Lembre-se sempre que a parceria deve preservar e fortalecer a imagem e os objetivos de ambas organizações!

(Visited 8.147 times, 4 visits today)

3 comentários sobre “Empresas e ONGs: como criar parcerias de alto impacto

  1. De facto esta é a melhor abordagem para que boas parcerias aconteção, ainda digo mais, a estrategia em si traz uma amplitude para que o terceiro sector saiba desenhar os seus objectivos duma clara e metas alcançaveis que possam satisfazer duma forma mais valiosa.

    • Que bom que gostou, André! Nossa ideia foi essa mesmo. Tanto a empresa quanto o terceiro setor precisam ver o lado da outra parte para juntos buscarem a melhor maneira de atender uns aos outros.

      Um abraço e obrigada por comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.