Maio Amarelo e voluntariado: 5 ideias práticas por um trânsito mais seguro

Maio Amarelo permanece em 2022 como uma campanha pela vida, e será necessária enquanto o comportamento dos condutores no trânsito ainda provocar danos e perdas.

Se você se pergunta:

“- Até quando esse tipo de campanha precisará continuar?”

A resposta talvez seja:

Enquanto não houver civilidade e responsabilidade no trânsito, estaremos passíveis ao alto índice de acidentes nas vias públicas.

O ponto positivo é que sabemos que como cidadão(ã), em seu contexto comunitário, ou profissional, dentro e fora da sua empresa, você pode ajudar a evitar o número de acidentes de trânsito.

Nesse post, chamamos a atenção para a importância do assunto e sugerimos formas fáceis de mobilizar os públicos interno e externo da sua empresa. A proposta é sensibilizar a todos para atitudes mais conscientes e seguras.

Nós somos o trânsito

Pegando carona nessa imagem que fala sobre mobilidade urbana, vale ressaltar o quanto ela é oportuna e nos chama a atenção para algo que nem sempre estamos atentos: nós não somos vítimas do trânsito, nós somos o trânsito.

Você já tinha tido esse insight?

E esse olhar é potente porque traz para cada um de nós a responsabilidade sobre aquilo que vivemos

Por que aderir ao Maio Amarelo

Os números são fortes e acendem o sinal de atenção.

No ano de 2021, aconteceram 11.647 mortes no trânsito, o que significa que, a cada dia, 32 pessoas perderam a vida em acidentes.

O número total de acidentes, no ano passado, foi de 632.764 registrados, o equivalente a 72 incidentes por hora no Brasil. As informações são do Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito (RENAEST), da Secretaria Nacional de Trânsito, pasta do Ministério da Infraestrutura e do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV).

Além dos custos irreparáveis em vida, há ainda os custos aos cofres públicos.

Um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP) relata que o custo anual para a sociedade brasileira relacionado a acidentes de trânsito é de R$ 50 bilhões. 

“A ocupação de leitos para tratamento de acidentados, além de onerar o Sistema Único de Saúde (SUS), obriga os governos a criarem leitos adicionais para cuidar das vítimas da Covid-19, uma vez que as vítimas de acidentes ocupam historicamente 60% dos leitos públicos e privados no Brasil. O tempo de ocupação desses leitos é mais um fator dificultador para o acolhimento de outras enfermidades, pois a ocupação média em UTI é de 6 dias, e pode chegar a 6 meses em leitos de enfermaria.” (Rede Jornal Contábil).

Não à toa, existe desde 2014 a campanha Maio Amarelo, que busca conscientizar a população sobre a necessidade de puxar o freio da insegurança no trânsito.

O mês foi escolhido porque em maio de 2011 as Nações Unidas apontaram esta década como a em que precisamos agir para diminuir a quantidade de acidentes. A cor da campanha remete ao sinal de atenção dos semáforos.

Maio Amarelo 2022 – nove anos do movimento que salva vidas

A edição de 2022 traz personagens reais para alertar sobre a importância de seguir as regras.

“Esse será o grande desafio do Movimento para esse 9º ano de conscientização por um trânsito mais seguro: mostrar à sociedade que todos nós, independente do nosso ofício, podemos salvar vidas, conhecendo e cumprindo as regras. A partir do momento em que estou caminhando na calçada, procurando uma faixa para atravessar, esperando minha vez no semáforo, com toda atenção e cuidado, estou preservando não só a minha vida, mas como a de todos que ali estão comigo. E essa lógica vale para quem está de bicicleta, de motocicleta ou num carro de passeio ou num veículo grande” (Maio Amarelo).

Todo o material é gratuito

O material da campanha “Juntos Salvamos Vidas” desse ano está disponibilizado para toda sociedade de forma GRATUITA para que quem quiser se engajar na causa possa participar do Movimento, de forma a ter somente um só slogan, uma só mensagem.

A partir do site do Maio Amarelo e do hotsite do Movimento no site da Senatran, o parceiro vai encontrar o vídeo oficial deste ano e três dezenas de arquivos com as peças da campanha “Juntos Salvamos Vidas”. São posts, banners, faixas, cartazes, outdoors, busdoor, que o apoiador poderá incluir sua logo marca no material e mandar confeccionar.

5 formas de atuar por um trânsito mais seguro

  1. Um bom começo é realizar uma atividade de conscientização. Reúna os seus colegas de trabalho, amigos, familiares e comunidade e traga algumas questões para debate. Todos usam cinto de segurança e obrigam os demais passageiros a usar (inclusive no banco de trás)? Respeitam os sinais luminosos e os limites de velocidade? Dão espaço para ciclistas circularem? Que dicas dariam a quem dirige, seja de carro ou de moto?
  2. Distribua o laço amarelo: Sabe aquele laço rosa distribuído durante o Outubro Rosa? Pois no Maio Amarelo ele também é um símbolo, só que, claro, na cor amarela. A ideia é que o uso do laço lembre às pessoas da importância de um trânsito seguro e do papel de cada um nesse movimento. Portanto, programar a distribuição desse laço pode ser algo bacana. Um grupo de voluntários pode distribuí-los num local de bastante movimento, como na entrada das empresas, nas estações de trabalho, refeitórios, nas áreas comuns em geral e ainda no mercado do seu bairro, postos de combustível, nos semáforos ou deixá-los nas portas de casa. Não se esqueça de distribuir também alfinetes ou já deixá-los anexados aos laços, para que seja possível colocar na roupa.
  3. Para tornar a atividade um pouco mais divertida, você pode usar o “Desafio Bom-de-Roda” da Associação Brasileira de Educação de Trânsito (Abetran), que mede os conhecimentos sobre as regras de direção.
  4. Outra possibilidade é realizar atividades em uma escola próxima, chamando a atenção das crianças com o jogo do site “Maio Amarelo Kids”, que ensina as melhores práticas de respeito ao pedestre e de condução para os futuros motoristas.
  5. Tornar-se uma empresa apoiadora, participante do Programa Laço Amarelo, um programa de Responsabilidade Social que objetiva conscientizar os colaboradores de empresas, entidades e cidadãos do município durante os 365 dias do ano.

Inscreva e inspire sua ação no site oficial da campanha: Maio Amarelo. Para participar ainda mais, você, sua família, sua organização comunitária, ou sua empresa, podem ver aqui algumas ações realizadas, ou mesmo inscrever e evidenciar as suas ações aqui no portal do Maio Amarelo.

E aí? Vamos dar a partida?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.