voluntariado e inclusao social

Como o voluntariado favorece a inclusão social de diferentes grupos

Esqueça aquele velho conceito de que apenas jovens, ricos ou pessoas com muito tempo disponível possuem algo a doar. Afinal, esse conceito nunca esteve tão errado… A sociedade do compartilhamento em que vivemos hoje precisa mais do que nunca da energia, dos recursos e das habilidades dos mais diversos públicos – sejam eles crianças, jovens, adultos, pessoas portadoras de deficiência, idosos, estrangeiros etc. Todos estes públicos podem e DEVEM ser mobilizados para uma boa causa, não apenas no papel de beneficiado, mas também no papel de voluntário, gerando sua própria inclusão social. Já falamos um pouco sobre isso neste post sobre Ações Criativas de Voluntariado, mas aqui vamos nos aprofundar um pouco mais.

O voluntariado é uma das melhores estratégias quando o assunto é inclusão social. Através do trabalho é realizada a inserção positiva de pessoas ou públicos que normalmente são mais excluídos, promovendo uma integração mais natural e equilibrada.

voluntariado e inclusao social

Além disso, o voluntariado é uma verdadeira lição de como se conviver em sociedade, pois embute a igualdade no tratamento das pessoas, faz com que conheçamos outras realidades e desenvolve um sentimento maior de empatia e tolerância com o outro. A inclusão social é um excelente meio de convivência entre pessoas que, apesar das diferenças, passam a compartilhar valores, objetivos e afazeres em comum.

Por meio do voluntariado homens e mulheres trabalham com igualdade, os mais velhos e os mais novos atuam juntos e as diferenças de classe social e nacionalidade não são uma barreira quando o assunto é cooperação.

Pensando em como engajar mais essa força ao seu programa de voluntariado? Separamos aqui alguns cases que poderão lhe ajudar a incluir diferentes públicos voluntários em suas próximas ações. Confira:

Idosos: compartilhando conhecimento de uma vida inteira 

Em geral, ajudar os outros é a maior motivação para quem realiza trabalho voluntário. Porém, já explicamos aqui que a inclusão social também melhora a vida de quem se dedica a fazer o bem. Além do aumento da autoestima, diminuição da ansiedade e do estresse, outro benefício que o trabalho voluntário traz pode ser um aliado no combate à depressão na terceira idade. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 20% da população idosa sofre com depressão. No Brasil, o número gira em torno de 15%.

Esse problema está relacionado muitas vezes com o sentimento de exclusão social.  Ao fazer um trabalho voluntário é possível construir laços e conhecer diferentes pessoas, o que ajuda a tornar a vida mais divertida e ativa 🙂

Mais um aspecto muito bacana é que através do trabalho social o idoso compartilha talentos e habilidades adquiridos durante toda a vida, podendo participar de maneira efetiva na vida econômica, social e política de sua comunidade.

Inclusão social de idosos na prática:

O Banco do Brasil estimula a inclusão social dos funcionários aposentados em todas as ações do seu programa de voluntariado. Segundo administração do Programa de Voluntariado do Banco do Brasil, a empresa decidiu engajar os colaboradores aposentados nas ações voluntárias porque entende que é uma forma de reconhecer o valor do funcionário aposentado, que continua a compartilhar seus conhecimentos com os demais voluntários e a fazer diferença na sociedade da qual faz parte.

Os funcionários do Banco do Brasil têm um histórico de atuação no voluntariado e mesmo depois de aposentados continuam participando de Comitês de Cidadania, de Conselhos de Direitos e de Instituições  do terceiro setor.

Além de muito participativos, os aposentados também trazem uma energia especial ao programa: “Eles se diferenciam por ser mais dedicados, tanto por disponibilidade de tempo quanto também por se envolverem muito mais com as questões sociais. Muitos dos voluntários BB aposentados se envolveram em causas nobres, na Abrace existe uma participação grande de funcionários aposentados do BB, por exemplo. No Proanima – DF, existe o envolvimento ativista de uma funcionária aposentada do BB. Eles estão fazendo a diferença”.

“Reconhecer as competências e habilidades na atuação social dos aposentados é uma oportunidade de enriquecimento para qualquer programa de voluntariado corporativo”. – Banco do Brasil

Programas de voluntariado em hospitais também costumam receber uma grande quantidade de voluntários da terceira idade. As atividades são as mais diversas: vão do atendimento telefônico à recepção do público, e da orientação aos novos voluntários à organização de eventos, entre outras possibilidades.

Voluntárias do Hospital das Clínicas de São Paulo. Fonte: http://avohc.org.br/imagens/

Voluntárias do Hospital das Clínicas de São Paulo. Fonte: AVOHC

Pessoas com deficiência: todos temos necessidades especiais

As pessoas com deficiência são como todas as outras, só que com uma ou outra necessidade especial (pensando bem, quem não tem, não é mesmo?). Portanto, possuem de igual forma conhecimentos e habilidades a serem compartilhados com a sociedade. Além disso, suas experiências e a necessidade diária de superação podem ser fonte de inspiração para muita gente!

Inclusão social de pessoas com deficiência na prática:

Foi com essa motivação que a cadeirante Suelen Costa procurou o banco onde trabalha, o Itaú, para começar um trabalho voluntário. “Sempre tive vontade de ajudar, mas não sabia bem de que forma. Como o banco possui ações internas, procurei os responsáveis e mostrei interesse. Daí em diante tudo andou”, conta.

Suelen identificou as atividades que gostaria de fazer e o programa de voluntariado da Fundação Itaú Social a ajudou a escolher locais acessíveis. Foi, então, ler histórias para crianças de um hospital de São Paulo, onde mora. “A criança não te vê como diferente, apenas como uma pessoa que está lá para diverti-la”, diz. “Não há olhar estranho, apenas atenção à estória. É uma delícia.

Se os pequenos não notam diferença, jovens prestes a terminar o Ensino Médio já a percebem, mas ela serve como incentivo, garante Suelen. Foi o que aprendeu quando contou sua história de vida a adolescentes de uma escola da periferia de São Paulo, como parte do programa Estudar Vale a Pena, do Instituto Unibanco.

A iniciativa, como o nome diz, incentiva a juventude a investir nos estudos. “Falei que, fora estar em uma cadeira de rodas, éramos iguais. Que, com estudo, se chega onde quiser. E se eu consegui, eles também poderiam”, lembra Suelen.

Inclusão social

Voluntária Suelen em ação

Imigrantes: a grandeza de um intercâmbio cultural

A barreira da língua muitas vezes é vista como um grande problema quando o assunto é o engajamento de estrangeiros em ações voluntárias, porém esse também é um paradigma que deve ser quebrado. Podemos nos comunicar de diversas formas, seja por desenho, mímica… o importante mesmo é ter boa vontade!

Uma pessoa de cultura diferente tem muito a ensinar sobre o seu país de origem, seus hábitos, costumes, culinária local, língua nativa… as possibilidades de intercâmbio de conhecimento são praticamente infinitas.

Além de integrar o colega estrangeiro ao novo país, ele certamente terá muitas coisas a compartilhar, criando assim uma relação “ganha-ganha” muito positiva.

Inclusão social de imigrantes na prática:

A Missão Paz é uma iniciativa ligada à ordem religiosa dos scalabrinianos que lida há 75 anos com migrações no Brasil, eles atuam em aulas de português, assistência social, orientação jurídica, comunicação, promoção de eventos, entre outras atividades. Além de oferecer todo este suporte aos imigrantes, eles também recebem apoio voluntário de migrantes já estabelecidos no Brasil, que acabam auxiliando em diversas atividades da ONG.

Inclusão social

Comunidade peruana serve almoço para imigrantes e voluntários presentes em atividade na Missão Paz, em São Paulo. Fonte: Migramundo

 

Fique atento!
Em todos os casos citados acima, é muito importante pensar nas adaptações que o seu público precisará para executar um bom trabalho. Planeje sempre que possível ações acessíveis a todos, voluntários e beneficiários.

template banner avaliacao gratuita

(Visited 1.132 times, 1 visits today)

Um comentário sobre “Como o voluntariado favorece a inclusão social de diferentes grupos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.