Engajamento de lideranças no voluntariado: 4 formas de superar esse desafio

engajamento de lideranças

Quem trabalha com voluntariado corporativo sabe quantos desafios tem de enfrentar no dia-a-dia. Um deles é o de engajar as lideranças para que estimulem ou abram portas para que seu time participe do Programa. Isso acontece porque supervisores, coordenadores e gerentes são sempre cobrados pela produtividade de sua equipe, e muitos temem que o envolvimento de funcionários nas ações voluntárias possam comprometer sua atenção e disponibilidade – principalmente no caso de atividades feitas no horário de trabalho.

Portanto, a tarefa do gestor do Programa de Voluntariado é, antes de mais nada, convencê-los do valor do voluntariado para o desenvolvimento do funcionário e pro sucesso (e imagem) da empresa.

Separei algumas estratégias que podem te ajudar nessa missão:

 

1) Envie uma comunicação da alta liderança

Essa, com certeza, é a estratégia mais árdua, mas também a que, possivelmente, trará mais resultados: conquistar a alta liderança.

Se o gestor direto não está colaborando para o sucesso do programa de voluntariado, um e-mail do CEO com certeza o fará muda de ideia. Muitas vezes, só estamos respondendo a uma demanda e, se a demanda é por resultados e performance, por exemplo, deixar o colaborador sair no horário de trabalho para ser voluntário pode parecer contraproducente para o gestor. Entretanto, se a alta liderança da empresa incentiva a prática do voluntariado, então o gestor pode entender a ideia de um ponto de vista diferente, a partir do interesse da empresa e dos líderes.

Convidar lideranças para os eventos do voluntariado, como fez o Bradesco ao levar o Diretor Vice-Presidente ao evento de reconhecimento do Voluntários MAIS 2014, pode ser uma boa estratégia.

 

2) Use exemplos positivos

Quando encontrar um líder que seja voluntário ou que seja sensível ao tema, utilize-o como exemplo para engajar os demais. O Itaú, por exemplo, realizou uma entrevista com o Diretor de Cultura e Gente, que é também voluntário, para divulgar suas ações e o resultado foi muito positivo.

 

3) Sensibilize para o tema

Uma das melhores estratégias, por ser a mais genuína, é quando o gestor adota uma postura de incentivo ao trabalho voluntário de seus funcionários. Para isso, realizar encontros de sensibilização com gestores ou preparar materiais exclusivos para esses líderes pode ajudar.

O Instituto C&A, por exemplo, realiza anualmente encontros de formação com gerentes de loja para sensibilizá-los e faze-los incentivar os funcionários de suas unidades a participar das ações do Instituto. O Encontro LGV – Liderança de Grupos de Voluntários é fundamental para o desenvolvimento das ações sociais ao longo do ano e já faz parte do calendário dos gestores.

 

4) Divulgue pesquisas, dados, estatísticas…

Todo mundo sabe que gestor adora números né?! Então mostrar, estatisticamente, que o voluntariado agrega benefícios para todos é uma boa saída. Divulgue estudos mostrando que é possível desenvolver diferentes competências e habilidades do colaborador através do trabalho voluntário e os benefícios do voluntariado nas empresas.

Aqui você encontra um post do blog que enumera 5 habilidades desenvolvidas pelo voluntariado. E aqui, os resultados do Millenial Impact Report 2014, que demonstra que mesmo quem nunca se voluntariou considera ações de voluntariado empresariais em sua busca por emprego.

 

Você conhece alguma outra estratégia eficaz para engajar as lideranças? Então compartilhe conosco abaixo nos comentários.

conheça a plataforma completa para voluntariado empresarial

(Visited 756 times, 1 visits today)

3 comentários sobre “Engajamento de lideranças no voluntariado: 4 formas de superar esse desafio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.